28 de Novembro de 2018

A obesidade tem relação com a incontinência urinária?

Imagem da Notícia

A obesidade afeta o bem-estar urológico de várias maneiras e a incontinência urinária é uma delas. Alguns estudos sugerem que o excesso de peso corporal aumenta a pressão abdominal. Isso, por sua vez, aumenta a pressão da bexiga e a mobilidade da uretra.

A obesidade, como nos estágios finais da gravidez (que  é associada à incontinência), pode levar à tensão crônica, alongamento e enfraquecimento dos nervos e músculos da região pélvica. Isso também poderia contribuir para a incontinência urinária

Em pessoas obesas com IMC superior a 40 kg / m2 que planejam cirurgia de redução de peso, a prevalência de incontinência é de quase 60% a 70%.

A perda de peso com medidas comportamentais e de estilo de vida e exercícios leva à melhora dos sintomas de incontinência urinária. A educação é a chave para a prevenção, e a compreensão das maneiras pelas quais a obesidade tem impacto na saúde urológica pode ajudar a reduzir sua prevalência.

Assine nossa newsletter

Que tal sempre ficar por dentro quando novas notícias forem publicadas?

ATENDIMENTO AO CLIENTE

0800 770 66 00