17 de Julho de 2016

Cuidador de idoso: como estimular o paciente

Imagem da Notícia

Ser um cuidador de idosos não é uma tarefa fácil, mas as pessoas que assumem esse compromisso cumprem suas atividades com muito amor, dedicação e uma pitada de paciência, para os dois vencerem os desafios juntos. Da mesma maneira que não se pode deixar o idoso desamparado e sem suporte para realizar suas atividades diárias, é preciso ter cuidado para não proibi-lo de executar tarefas que ainda é capaz de cumprir sozinho.

Se você está procurando por alternativas de atividades e exercícios para estimular o idoso que está sob sua responsabilidade, que tal conferir algumas estratégias interessantes para trabalhar com seu paciente? É só continuar lendo o post de hoje!

Deixe o idoso fazer o máximo de atividades possível sozinho, o cuidador deve ter muita atenção às atividades que o idoso pode realizar sozinho, contando somente com a sua supervisão. Tudo que ele conseguir fazer por si mesmo, como se movimentar de um cômodo para o outro da casa, escovar o cabelo ou fechar os botões da camisa, precisa ser incentivado pelo cuidador para que sejam tarefas conquistadas com independência – mesmo que exijam um certo esforço.

O papel do cuidador nesse momento é de motivação, incentivando quando o idoso pensar em desistir e evitando tomar a frente na conclusão da tarefa. Incentive a leituraUma atividade cognitiva importante para o idoso, e que pode ser facilmente estimulada pelo cuidador, é a leitura. Manter o hábito de ler livros, jornais, revistas e outros materiais é indispensável para idosos – mesmo para aquele que já esteja apresentando algumas dificuldades nessa prática.

A leitura ajuda a estimular a linguagem, a memória, o raciocínio e a assimilação de conhecimentos prévios e, por esse motivo, é tão importante nessa fase da vida. Lance mão de algumas estratégias para facilitar a manutenção desse hábito na rotina do idoso: use marcadores de texto para facilitar a identificação de trechos a serem lidos, conte com a régua para ajudar a guiar a visão pelo texto e opte por exemplares que contenham imagens, para estimular o raciocínio.

Evite mudar bruscamente a rotina do idoso Para um indivíduo mais velho, mudanças na rotina podem ser extremamente conflitantes e confusas, aumentando sua insegurança com relação ao ambiente em que ele se encontra.

Por esse motivo, evite sempre que possível fazer mudanças bruscas na rotina de atividades do idoso, prezando por manter a sequência realizada todos os dias para que ele se sinta cada vez mais seguro e independente. Caso alguma mudança na rotina seja necessária, lembre-se de tratá-la com muito cuidado, informando o idoso da necessidade dessa alteração, porém sem dar explicações demais, para não despertar insegurança.

Use fotografias para exercitar a memória. Exercitar a memória é uma ótima maneira de estimular o paciente e motivá-lo durante o dia. O cuidador pode sempre mostrar uma fotografia nova, ou buscar um álbum antigo de memórias para poder visualizar com o idoso, estimulando o reconhecimento de faces, dos nomes e dos lugares em que aquelas fotografias foram registradas.

Esse hábito de trabalhar as lembranças deixa o idoso mais confortável e mais consciente do momento em que vive e é de grande importância para aumentar sua capacidade cognitiva e comportamental.

Estimule o contato do paciente com outras pessoas A visita de familiares e amigos é muito importante para estimular o idoso, já que nessas situações ele terá que sair de seu convívio social tradicional, dividido com o cuidador, e trabalhar para interagir com outras pessoas.

Além de incentivar o lado social e humano do paciente, esse contato com outras pessoas é um importante estímulo cognitivo, já que ele vai precisar buscar novas estratégias para se relacionar com pessoas que não são seus cuidadores.O trabalho do cuidador de idoso é essencial para garantir o estímulo cognitivo e social do paciente, aumentando sua qualidade de vida e seu bem-estar. Como você costuma estimular seus pacientes? Compartilhe suas experiências com a gente!

Assine nossa newsletter

Que tal sempre ficar por dentro quando novas notícias forem publicadas?

ATENDIMENTO AO CLIENTE

0800 770 66 00