27 de Setembro de 2016

Qual a melhor forma de trocar a fralda do idoso?

Imagem da Notícia

A troca de fraldas dos idosos é uma das tarefas mais difíceis e importantes dos cuidadores. Proporcionar condições de higiene adequadas ajuda a evitar o surgimento de assaduras, infecções e permite maior conforto, segurança e qualidade de vida aos idosos que apresentam mobilidade reduzida ou sofrem de  incontinência urinária e/ou fecal. 

Confira algumas dicas podem ajudar na troca de fraldas:

A frequência ideal para a troca de fraldas é de 3 a 6 vezes por dia. A cada episódio de evacuação, porém, a troca deve ser realizada imediatamente, pois as fezes não são absorvidas pelas fraldas e podem irritar a pele. 

Já nos episódios de incontinência urinária, deve-se considerar o uso de produtos com maior capacidade e velocidade de absorção para prevenir as lesões relacionadas à exposição prolongada da pele à urina.

Reúna todo o material necessário para a troca: uma fralda limpa, um cesto ou saco de lixo, toalhas umedecidas e, se for o caso, creme protetor.

Com o idoso deitado de barriga para cima (decúbito dorsal), abra a fralda. Além da higiene corporal, realizada durante o banho, a limpeza local deve ser realizada a cada troca, mesmo se for apenas urina. 

Após a higienização da pele, coloque o idoso deitado de lado (decúbito lateral)

Posicione a fralda (protetor absorvente ajustável) na região posterior (cintura e nádegas), de forma centralizada 

Vire o idoso com a barriga para cima (decúbito dorsal), mantendo o posicionamento da fralda no local correto 

Ajuste a fralda e a posicione sobre a região genital e abdômen, observando se ela está centralizada

Feche a fralda com as fitas adesivas, observando se o ajuste está seguro e, ao mesmo tempo, confortável para o idoso.







Assine nossa newsletter

Que tal sempre ficar por dentro quando novas notícias forem publicadas?

ATENDIMENTO AO CLIENTE

0800 770 66 00