12 de Fevereiro de 2019

Quais os principais cuidados relacionados à incontinência urinária, que um cuidador de idosos deve ter com uma pessoa com mobilidade reduzida?

Imagem da Notícia

Uma atenção especial deve ser dada a pessoas com mobilidade reduzida, acamados ou cadeirantes, principalmente em relação aos problemas do trato urinário. As constantes intercorrências resultantes da incontinência urinária merecem atenção especial tantos dos cuidadores como dos profissionais de saúde.  Entre os principais problemas relacionados à incontinência urinária, estão umidade da pele, odor de urina, possibilidade de vazamentos, risco de lesões de pele e, naturalmente, o desconforto causado por cada uma destas situações.          A umidade da pele resulta do contato prolongado da pele com a urina e podem provocar a Dermatite Associada a Incontinência – DAI, lesão de pele popularmente conhecida como assadura. Para evitar esta situação, é indicado a utilização de produtos absorventes com alta performance de absorção, ou seja, que absorvam rapidamente a urina para o interior do produto e que evitem o retorno da urina para a superfície do produto. Estes produtos podem ser encontrados em dois modelos indicados para pessoas com mobilidade reduzida: fralda, que são fixados na lateral e roupa íntima, que vestem como uma calcinha ou como uma cueca. O modelo deve ser selecionado considerando o conforto e preferência do paciente e facilidade de uso pelo cuidador.  A escolha do tamanho adequado, além de proporcionar maior conforto, evita episódios de vazamentos. Higiene íntima nos horários de troca dos produtos absorventes, pode ser realizada com água e sabonete líquido ou com toalhas umedecidas específicas para adultos. Estes cuidados proporcionam melhor saúde da pele, além de controlar o odor e diminuir o risco de vazamentos e de infecções. É um resultado que traz satisfação tanto para a pessoa com mobilidade reduzida, como para cuidadores e profissionais de saúde.

Assine nossa newsletter

Que tal sempre ficar por dentro quando novas notícias forem publicadas?

ATENDIMENTO AO CLIENTE

0800 770 66 00