6 de Maio de 2019

Tabu da incontinência urinária em homens

Imagem da Notícia

Mesmo tendo menor frequência em homens, a incontinência urinária também atinge esse público e causa uma série de inconvenientes no bem-estar físico e emocional do indivíduo, afetando a qualidade de vida, atividades físicas, sociais e até a sexualidade. Ainda é um tabu para o público masculino, sem dúvida, e no Brasil essa condição atinge mais de dez milhões de pessoas, sendo que cerca de 25% dos casos acometem homens acima dos 60 anos. A incontinência urinária pode estar presente, por exemplo, em homens com história de acidente vascular cerebral ou naqueles submetidos à cirurgia da próstata. A incontinência urinária muitas vezes é uma fonte de constrangimento e de dificuldade de convivência até familiar, por isso muitas pessoas costumam esconder a situação. Além disso, muitos homens até hoje não procuram ajuda ou tratamento por acharem que a perda da urina é uma parte natural do envelhecimento. Contudo, a incontinência urinária tem tratamento e deve ser acompanhado por profissionais especializados na área, que podem realizar o diagnóstico preciso e fornecer as orientações e tratamento adequados. Além disso, os homens podem ter proteção adequada, utilizando protetores absorventes masculinos ou roupa íntima absorvente, que são específicos para incontinência urinária e podem facilitar que as atividades cotidianas sejam realizadas sem constrangimentos.  

 

Assine nossa newsletter

Que tal sempre ficar por dentro quando novas notícias forem publicadas?

ATENDIMENTO AO CLIENTE

0800 770 66 00