5 de Novembro de 2018

Quero fazer caminhadas, mas tenho incontinência. Posso me exercitar?

Imagem da Notícia

A perda involuntária de urina pode ocorrer também em quem pratica atividades físicas, seja de baixo, médio ou alto impacto. Durante a atividade física, pode ocorrer aumento da pressão intra-abdominal, causando impacto no assoalho pélvico e, consequentemente, facilitando a ocorrência de escapes de urina.  Quem tem essa condição, mesmo fazendo caminhadas, deve ficar atento para evitar escape durante o exercício, seja em homens ou em mulheres. A adoção de medidas como exercícios do assoalho pélvico e evitar bebidas e alimentos que irritam a bexiga, sempre orientados por profissionais de saúde, ajuda quem tem incontinência a fazer caminhadas de forma mais saudável e sem a preocupação de escape ou ter que urinar rapidamente. Outra importante medida é o uso de protetores absorventes específicos para perda urinária, que podem ser encontrados nos modelos feminino ou masculino e que proporcionam maior conforto e segurança.  Dessa forma, sua prática pode se tornar mais tranquila e sem contratempos.

Assine nossa newsletter

Que tal sempre ficar por dentro quando novas notícias forem publicadas?

ATENDIMENTO AO CLIENTE

0800 770 66 00