absorvente-tena-lady-discreet-normal-8-unidades-

Tamanhos Disponíveis

  • Único

Para
Mulheres

Ideal para
Incontinência LEVE

TENA Lady Discreet é uma linha exclusiva para mulheres; com absorventes finos e discretos, desenhados especialmente para gotejamento e escapes de urina.

TENA Lady Discreet Normal tem dupla camada de absorção que garante segurança para que o dia possa ser desfrutado com toda a confiança. O sistema OdourControlTM garante a inibição dos maus odores da urina e proporciona a sensação de pele mais fresca.
produto-claim-tena-lady-normal-8
claim-destaque-tena-lady

Características e Benefícios

  • DryFast Core®: núcleo de secagem que absorve e retém o líquido rapidamente.
  • Body Shape™: laterais elásticas que permitem melhor ajuste ao corpo
  • Camada inferior respirável
  • Absorção superior que garante segurança e excelente proteção contra vazamentos
  • Odour Control®: sistema de controle de odores
  • Fita adesiva para fixar na roupa íntima
  • Embalagens individuais
  • Superfície com toque suave li>
  • claim-destaque-tena-lady

Produtos relacionados

Perguntas e Respostas

Os ginecologistas estão habilitados a diagnosticar e tratar a incontinência urinária?

Se o médico tem conhecimento, experiência, discernimento e capacidade técnica para tratar a incontinência urinária, é claro que está habilitado. Existem alguns ginecologistas no país que são capacitados para análise e estudo urodinâmico, podendo assim utilizar todas as opções de tratamento que vão desde de medicações até as cirurgias.

Somente mulheres têm incontinência urinária?

Não. Crianças com doenças neurológicas ou com más-formações dos ureteres, bexiga e uretra, entre outras doenças, podem ter incontinência urinária. Homens com doenças neurológicas ou que tenham sido submetidos à cirurgia da uretra ou próstata (especialmente a cirurgia para câncer de próstata, a prostatectomia radical) também podem ter incontinência urinária.

A cesariana pode evitar os danos aos músculos do pavimento pélvico?

Ainda que em muitos países, como aqui no Brasil, a tendência seja realizar cesarianas para evitar os danos associados a um parto traumático, em geral, a cesariana programada é considerada uma cirurgia de risco. Não há nenhuma garantia de que a intervenção não deixará sequelas. Por causa disso, o recomendável é somente planejar uma cesariana em função do assoalho pélvico nos casos de complicações prévias nessa musculatura, como prolapsos, lacerações, incontinência urinária grave.

ATENDIMENTO AO CLIENTE

0800 770 66 00